terça-feira, 4 de fevereiro de 2014

Medianeras, um retrato da atual sociedade

Uma das coisas que vou abordar no blog é cinema e para começar, falarei de um filme do diretor argentino Gustavo Taretto, Medianeras. A obra retrata a falta de estrutura de Buenos Aires e como é o relacionamento das pessoas na era digital.




Para quem não sabe o que é medianera, é um lado de um prédio que por ser muito próximo de outro prédio não tem janela, pois os moradores não teriam privacidade. Esse lado normalmente é ocupado por propagandas.

O filme conta a história de Martín e Mariana, que são vizinhos de prédio, e por fim acabam se conhecendo. Ele é um web designer que foi abandonado pela namorada, e tem fobia de muitas coisas, hipocondria, entre outros problemas, por isso quase não sai de casa, enquanto ela é uma arquiteta que não conseguiu seguir a profissão e trabalha como decoradora de vitrines que também terminou um relacionamento a pouco tempo e tem depressão e claustrofobia.



Para Martín, o mal planejamento de Buenos Aires é a causa dos males enfrentados pela sociedade. Ele afirma que os grandes edifícios nos separam e por isso as pessoas se tornam distantes e consequentemente doentes.
O protagonista passa o dia todo em frente ao computador, o que torna a internet outro problema retratado no filme. Será que ao invés de nos aproximar ela não nos afasta?

A história se passa na capital Argentina, mas poderia ser em qualquer lugar do mundo. O filme além de ser
uma boa comédia, nos traz uma reflexão sobre o modo como vivemos atualmente.

Espero que eu tenha começado bem!

Nenhum comentário:

Postar um comentário